Mudanças à vista…

A algum caridoso fantasma que se interessa por este blog:

O Estranho Mundo será extinto, é que como tenho mais dois blogs além deste, um sobre cinema e outro sobre literatura e ultimamente anda difícil para mim acessar a net todos os dias sendo assim,resolvi juntar tudo em um único espaço, uma medida que além de economizar o meu já escasso tempo , vai facilitar e muito a vida que quem quiser se aventurar por estas brenhas virtuais.

Anúncios

Quando é preciso dizer: NÃO!

“Não é suficiente ser deixado em paz por um governo que pratica a corrupção sistemática e cobra impostos para fazer mal a seu próprio povo!”
David Henry Thoureau

Outro dia conversando com um amigo sobre Tiriricas, Bolsonaros e outros integrantes da fauna bizarra que habita o Congresso, a gente não conseguia segurar a raiva, nem indgnação era, para não dizer ódio puro.
Tiririca membro da Comissão de Educação e Cultura, e, agora sim vem o show de horror, Jair Troglodita Bolsonaro na Comissão de Direitos Humanos, pois é, um semi-analfabeto e um defensor da tortura, do regime militar e homofóbico assumido nas comissões mais importantes da Câmara .
A apatia do brasileiro chegou a tal ponto, que , não bastasse a roubalheira ampla ,geral e irrestrita, nossos parlamentares sentem-se no direito de debochar do contribuinte e a esculhambação não para, um deputado da famigerada bancada evangélica posta no twitter que os negros descendem de um ancestral amaldiçoado por Deus…Senhor, livrai-nos de vossos seguidores!
Aí eu e esse amigo chegamos a um consenso, alás, a um chavão, é preciso mudar, mas como se tudo está podre desde o alicerce? Não adianta esperar um Brasil melhor , a menos que tudo se renove.
Não, não se trata de uma revolução comunista, nem socialista nem uma volta da ditadura, sonhada por tantos quadrúpedes, que só trouxeram mais infelicidade aos povos, sem violência, sem a ânsia do poder pelo poder.
Ahmisa! Gandhi e seus companheiros levaram os indianos a se livrar de dois séculos da bestialidade inglesa e de quebra acabaram com o sistema de castas, ao menos ele perdeu qualquer respaldo legal, sem uma única palavra de incitação ao ódio,Einstein disse que as gerações futuras dificilmente acreditarão que um homem como ele tenha existido, mas existiu.
Agora, bem menos gente conhece o livro e menos ainda, o homem que influenciou o Mahtma, David Henry Thoureau,americano que viveu entre os séculos XVIII e XIX, seu livro A Desobediência Civil e o que é desobedecer civilmente?
É a resistência pacífica mas tenaz a qualquer agente opressor, trocando em termos bem simplórios, por exemplo Thoreau recusou-se a pagar impostos ,foi preso inumeras vezes, mas não arredou pé, foi um dos primeiros em seu país a levantar a voz contra o racismo , a discriminação da mulher e ,coisa moderníssima, defendeu o meio ambiente.
Mas o muro é como tirar o povo da apatia, porque nestes tempos em que o céu é crédito fácil e bolsa-perpetuação da míséria para os pobres. se rebelar virou coisa fora de moda, as pessoas estão cada dia mais anestesiadas seja pelo pão e circo do governo, seja pelo consumismo. Espera que eu vou alí buscar um alfinete pra espetar a bunda desse pessoal e já volto….

um assunto delicado parte 2

Mona Lisa- Romero Brito

Depois de demorar um tempo indecente para escrever o segundo e último post da série, eis-me de volta.
Como eu disse ,ser protetor de animais não é tarefa fácil, nenhum pouco, não adianta só achar os peludos “uma gracinha’, a cara do abandono é muito feia, mutilações,queimaduras, bicheiras, sarna, pulga, eutanásia. Parodiando Bram Stoker- é preciso todo o meu catecismo, toda a minha filosofia para não surtar diante de tantas atrocidades, sem exagero, a coisa iguala-se aos campos de extermínio nazistas.
Ai! Agora eu descí uma paulada no vespeiro…..A maioria não gosta que se compare o sofrimento animal ao humano, é o tal especismo,acontece, simples assim, quem não respeita animal dificilmente terá compaixão com seus colegas de espécie, da mesma forma que os psicopatas “treinam’ suas maldades nos bichos antes de passarem às vítimas humanas. Tudo bem, Isoneide! Tem crápulas que aparentemente gostam de seres de quatro patas, Hitler, por exemplo, toda regra tem sua exceção.
E a clássica- ” Com tantas crianças abandonadas essa cambada de desocupados vai correr atrás de gatinho e cachorrinho!” .Gato, cachorro, salamandra, sapo, bicho-preguiça, o que o freguês mandar, posso estar enganada e assim espero, mas de todas as pessoas que me disseram esta asnice,NENHUMA socorreu qualquer criança ou idoso desamparado, proteção anmal não é incompatível com outros tipos de solidariedade, ademais, cada um ajuda como pode e de acordo com suas afinidades, não há nada pior do que algo feito de má vontade, para cumprir um papel.

um assunto delicado….Parte 1

Aldemir Martins- pintor cearense famoso por seus gatos.

Especismo:Eu uso a palavra ‘especismo’,” explicou dois anos mais tarde, “para descrever a discriminação habitual que é praticada pelo homem contra outras espécies (…) Especismo e racismo ignoram ou subestimam as semelhanças entre o discriminador e aqueles que são discriminados” -Richard R.Dyder, psicologo britânico e que cunhou o termo.

O post de hoje é dos mais indigestos, a crueldade contra animais e os protetores destes, gente que passa por louca, alienada, fútil entre outros adjetivos mimosos. Quem , ao decidir-se velar pelos bichos abandonados nunca ouviu a clássica: ” Mas com tanta criança passando fome você vai ajudar animal?!”´Típica resposta de gente ,que, se fosse com crianças diria: ” Credo! Você não tem medo de ajudar esses trombadinhas?”.
A causa animal não é tão recente , já os gregos antigos se preocupavam, a exemplo do filósofo e matemático Pitágoras e seus seguidores, mais longe ainda no tempo, Sidartha Gautama, o Buda, sobre este diz a tradição, ter se oferecido para morrer no lugar de um carneiro que seria sacrificado em ritual, e aqui no Brasil, 6 mil anos depois , tem deputado querendo o direito de torturar e assassinar os inocentes em nome da liberdade religiosa, por acaso, a Igreja Católica ainda manda rezar a missa de costas para os fiéis em latim? Queima pessoas? Os protestantes ainda destroem imagens ? Por que não podem as de matriz africana evoluir?
O que dizer dos testes envolvendo animais? Já provado que essa nem sempre é uma boa, já que a fisiologia deles e a nossa é diferente, mas por comodismo, medo de investir mais , ainda não se estuda com afinco novas alternativas como a cultura de tecidos órgãos. Ah, é antiético….Ético é queimar, intoxicar, estripar um ser sensciente. Mas há esperança , nesta eleição , candidatos que há tempos defendem a causa receberam votações expressivas e deverão assumir seus lugares nas Assembléias Legislativas e no Congresso agora em janeiro, sinal de mudança de mentalidade.
Quanto aos protetores propriamente ditos,sãos os que enfrentam as batalhas mais difíceis,é preciso estômago e autocontrole para não surtar diante de tanta atrocidade. Muitas vezes indispondo-se contra pai mãe, marido, filhos , que por motivos econômicos ou puro e simples ciúmes resolve implicar, meu ex era assim, ficava ressentido quando eu resgatava algum gato ou cachorro,ao invés de ver nele um amigo, via um concorrente no meu afeto. Triste.
Um dos fatores do abandondo é o mito de que , uma vez na rua, o animal “sabe se virar”. Não, Isoneide, não sabe, porque foi acostumado toda a vida em um ambiente protegido, o lado selvagem dele apagou-se, outra causa :quase todo mundo se derrete ao ver um filhote, e na empolgação compra ou pede, só esquecendo que esse filhotinho cresce , precisa de vacinas, ração específica, e nada disso é grátis, especialmente, os tão cobiçados cães e gatos de raça, cuja a saúde em geral é mais frágil do que a dos viral-latas .

e o tal do livre-arbítrio?

Eu tinha me prometido, só não tinha jurado , que não ia dar um pio sobre o assunto,mas a quantidade de sandices é tamanha que ficar calada seria a maior delas.
Como todos sabem, algumas ‘lideranças evangélicas e católicas’ pressionaram os candidatos Dilma Roussef e José Serra a assinar uma singela cartinha, comprometendo-se a não permitir entre outras coisas a legalização do aborto, a união civil entre pessoas do mesmo sexo e a adoção por homossexuais.Com todo o respeito que eu sempre demonstrei pela fé alheia, quem essa corja de Malafaias e assemelhados pensa que é? Senhor Jesus proteja-nos daqueles que dizem receber ordens suas!
Não vou remoer neste post o que eu já deixei claro em outros 50, não se trata de ser contra ou a favor, mas de querer impor preceitos religiosos a uma nação inteira, nisto que dá interpretações literais do texto bíblico, sendo assim não custa um lunático apoiado no Levítico e no Exôdo , pregar o extermínio de ateus, umbandistas, budistas ,islamita,homossexual, judeu, ou qualquer outro não cristão, a Inquisição católica da penìnsula ibérica a protestante no centro-norte da Europa são provas disto. Quem deseja voltar a este tempo?
Parece que a mania de poder e controle que assola muitos ‘líderes’ os impede de ver um dos pilares centrais da mensagem daquele homem em cuja honra suas igrejas dizem ser fundadas, o livre-arbítrio.

As vítimas da inquisição- óleo sobre tela português final do século XIX

cara de palhaça, jeito de palhaça….

trabalho da norte-americana Cindy Shermann,nada mais apropriado

Deve ser desta forma como as revistas dedicadas ao público feminino enxerga seus leitores,uma legião de palhaças para não dizer de idiotas, ainda que você faça um esforço homérico para ignorar esse desperdício de papel, tanta árvore cortada em vão- é impossível não esbarrar na sandice da semana.
Pois a cretinice tem destaque nas bancas, este tipo de publicação fica em primeiro plano,afinal, para que alguem precisa saber mais do que a nova dieta ou o novísimo tratamento contra estrias? Como dizia uma colega de faculdade, obcecada pela aparência, quem vai me querer por meus conhecimentos? Esta frase me dá azia até hoje, passados quase dez anos.
Assim como a irresponsabilidade de determinados veículos faz qualquer pessoa com mais de dois neurônios passar mal, uma certa Sou Mais Eu volta e meia traz absurdos ,que se, não implicasem em danos à saúde publica- o que, aliás, é crime, ocupa uma seção inteira do Código Penal Brasileiro, os chamados Crimes de Perigo, do artigo 130 a 136, englobando o perigo de contágio venéreo, o perigo de contágio de moléstia grave, o perigo para a vida ou saúde de outrem, o abandono de incapaz, o abandono de recém-nascido, a omissão de socorros e maus tratos- seria divertido pela quantidade de asneiras por centímetro quadrad
Esta categoria de delitos pode ser concreto ou abstrato, individual ou coletivo, atual, iminente ou futuro. Mas parece que as tais autoridades constituídas estão dormindo quando não se trata de querer a volta da ditadura.
Uma eventual investigação ,nem é preciso bola de cristal, taria a fúria de tantas leitoras, como ocorreu quando a ANVISA proibiu as câmaras de bronzeamento artificial…Sabe. eu nunca ví passeata contra hospital lotado e escola caindo aos pedaços? Pelo visto, não é apenas cara de palhaço deste povo.

o crime quase sempre conta com cumplices.

Como os caridosos leitores deste blog sabem, sou advogada, de modo que já ví muita coisa feia por aí, não se engane caro acadêmico, não é apenas o Direito Penal dono de um cortejo de horrores, se seu estômago é muito fraco recomendo seguir carreira pelas plagas tributárias ou administrativas.
Mas, nunca tive vocação para tão nobres misteres, tão logo aprovada pela OAB,fui direto trabalhar com Direito de Família e Direitos da Criança e do Adolescente, aviso não faltou, os professores sempre insistiram no fato de ser a baixaria a tônica da maioria dos processos do gênero.
Baixaria? Eles deveriam ter dito Baixeza, como B maiusculo mesmo, a família da forma como vem sendo praticada há milênios é um caudal de neuroses e sadomasoquismos, e se, ela é a celula-mater do sociedade e do Estado…
A tal frieza profissional proporcionou uma blindagem excelente para continuar navegando pelo pântano, contudo, há um monstro que ,creio, jamais será derrotado, o abuso sexual de crianças e adolecentes.
Este é um lamaçal movediço sem fundo, mas o pior, a sordidez dentre toda a sordidez é a cumplicidade dos parentes das vítimas, em especial a mãe, acho que todo mundo já ouviu falar daquela história em que o pai tarado ataca a filha de dez anos e a genitora megera expulsa a coitada de casa. Infelizmente, isto não é enredo de novela mexicana, é a realidade de muitos lares.
Porque a mulher, não importa sua idade, é vista como um bem descartável,e coisas descartáveis devem ser o mais novas possível, porque a gente vive em uma sociedade PP-pedófila e psicopata e ainda assim, a mulher prefere agredir a sí própria na figura de sua filha, sua irmã, sua colega , porque dá menos trabalho do que refletir sobre o papel que desejamos.
Já ouvi delegado chamando menina violentada de “vagabundinha mirim”, idiotas a dizer que “não existe isso de pai ou mãe abusar da filha, é frescura moderna”, as pessoas gostam de viver no mundo rosa e se algo ameaça quebrar seus óculos virtuais, porrada na vítima, afinal, ela é sempre culpada, o seu choro impede a vovó de ver sua novelinha de todos os dias,viciado não consegue se importar com os outros mesmo…
Desamparo total, é o que resta às milhões de crianças abusadas pelo mundo, o fim da história de horror não varia muito, gente pequena que foge da casa dos demônios (como diz uma amiga minha que não teve pais e sim dois carrascos nazistas,em especial sua mãe, cumplice do padrasto pervertido) e vai para rua cair na mão de proxenetas ,traficantes e bandidos fardados, aí o cidadão de bem, devia a cabeça um poquinho da TV e diz a sua esposa que só a pena de morte resolverá o problema da marginalidade…..